quinta-feira, 29 de maio de 2014

Veja o que você fez a Serena!

Janeiro de 2013

    Há uns dois dias atrás, mais ou menos, eu sonhei que estava em uma sala de aula élfica. Bem, não sou muito popular nos colégios élficos. Na verdade, costumo ser muito rebelde às vezes. E, por isso, os professores não vão muito com a minha cara.
Eu estava sentada, escrevendo quando uma bela garota morena, alta, com cabelos negros e longos entrou na sala. Era uma aluna. E cumprimentou a todos. Todos também a cumprimentaram. Menos eu, por caretice pura. No entanto, quando ela se sentou ao meu lado, pensei em cumprimentá-la. Mas, algo dentro de mim, se irritou e decidiu não fazer aquilo. Mas, ela sacou e me provocou, perguntando se eu não ia falar com ela e por que a estava ignorando. Eu disse "Oi", visivelmente envergonhada.
Durante a aula, ela provocou a professora, e ao invés de estudar, ficou bagunçando com algumas alunas. Eu meio que entrei na onda dela e... Um garoto bonito que estava sentada atrás de mim se irritou com a bagunça. Mas, principalmente, com o fato de eu estar falando com aquela garota. Ele se metia o tempo todo. Tentando atrapalhar. Eu me irritei com ele e perguntei se ele não podia ser tão legal quanto bonito. No fim, a professora se cansou e saiu da sala. Provavelmente para chamar a diretora.

     A bela garota comemorou o fato e me abraçou, como se fossemos intimas. Achei estranho, mas decidi deixar rolar. Era minha chance de ter uma amiga e eu não podia desperdiçar. Então a segui até uma mesa, semelhante a uma mesa de sinuca. Havia um grupo de adolescentes em torno da mesa. Não me lembro direito. Mas acho que nós conversamos por algum tempo. Até a bela garota me levar para fora da sala. Em um tipo familiar de quarto. Nos sentamos em um sofá. Conversamos sobre coisas bobas que não me lembro mais. Ela estava tão feliz que parecia bêbada. Em um certo momento, ficamos tão próximas que eu me senti muito atraída por ela e, acariciei seu rosto e a beijei. Ela desapareceu aos poucos como um fantasma ou uma imagem de um projetor.
 E num instante eu pareci nesse mesmo quarto em que estou agora. Ao lado da janela. Eu parecia ter saído do banheiro. Olhei para fora. Pro jardim e vi a Amanda Seyfried e eu sentadas em cadeiras, próximas ao Arbusto Melanie, entre as árvores Serena (acerola) e Rosemary (caju). Eu sei que se alguém lesse isso não saberia o que é mais bizarro, ver a Amando Seyfried no seu jardim ou o seu duplo (doppelgänger). Para mim, foi o meu duplo. Porque a Amanda, na verdade, era apenas uma ninfa. A mesma que que se deitou comigo na grama a algum tempo atrás, dançou e levitou comigo e me deu seu beijo do azar. Eu a reconheci!
    Se a Amanda, na verdade era uma ninfa. O meu duplo podia ser um impostor. Não podia? Foi o que eu pensei na hora, mas eu senti que aquele duplo, aquela pessoa... Era uma parte de mim. Era eu, de alguma forma.

 A ninfa se declarou a mim. Mas eu disse que não podia aceitar o seu amor.
Do outro lado da janela, implorei a mim mesma que não fizesse aquilo, que desse uma chance a ela. Mas a outra parte de mim não podia me ouvir. A ninfa olhou  para mim, diretamente para mim. Seus olhos estavam tristes. Ela queria chorar. Mas tentava ser forte. Então, ela se levantou triste e contendo um choro, disse que eu não a queria só por ela ser uma mendiga. Eu tentei esclarecer as coisas mas ela se afastou de mim.
Consegui sair para fora e vi meu duplo. A outra eu não olhava diretamente pra mim. Parecia não notar a minha presença.
 A ninfa trajava um belo vestido azul, igualzinho ao que a Amanda usou no filme "A Garota da Capa Vermelha". A ninfa se aproximou do muro que dá pra rua e colocou suas mãos no alto dele e espiou o outro lado. Seu vestido azul se tornou rosa.
Meu sonho acaba aí.

Não tenho muita certeza, mas acredito que a outra eu, era a Gaion. Só ela me conhece o bastante para ser uma perfeita usurpadora.
Batizei a ninfa com o nome de Serena.

2 comentários:

Gnomo Jardim disse...

A gente que batiza a ninfa ou ela diz o nome?

Daniele Araujo disse...

Geralmente, elas dizem o nome, quando você pergunta, mas depende da ninfa... Como nem todas me disseram, e apenas me mostraram suas plantas, eu mesma inventei alguns nomes.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Template by:

Free Blog Templates