sexta-feira, 16 de maio de 2014

Faça um pedido e assopre a vela

Descobri a magia aos nove anos. Ganhei meu primeiro livro de Wicca aos doze. E aos treze, decidi que seria uma bruxa de verdade. Embora eu só tenha feito meu primeiro feitiço em 2006, quando eu tinha 14 anos.
   Eu tinha me mudado para Nova Alvorada Do Sul em junho de 2004. Me lembro que fiquei muito revoltada porque minha mãe viajava muito e eu sofria maus tratos por parte de minha avó. Não gosto de me lembrar dessa época porque sofri muito. Tudo o que me consolava era minha prima, minhas novas melhores amigas e uma paixão teen que nos unia, a novela mexicana, Rebelde.
Eu odiava tanto estar em "casa", que amava ir à escola. E nos fins de semana, ia sempre para a casa da minha prima. Eu a invejava porque ela tinha uma família de verdade e eu não. Eu não tinha nada! A não ser a minha maldita solidão.
 Quando eu finalmente, me acostumeir àquela maldita cidade, fiz amigos e me apaixonei pelo menino mais lindo da escola, fui obrigada a ir embora de cidade novamente. Não foi uma escolha fácil, mas eu estava cansada de ser mau tratada e ver minha mãe ser humilhada e meus irmãos agredidos. Eu tinha de ir, por eles, por mim. Me partiu o coração. Sei que minhas amigas e minha prima nunca entenderam e guardam mágoa de mim por tê-las abandonado. Mas eu precisava sacrificar a minha felicidade pela minha família. Eu não podia ser egoísta.

   A nova casa não era bonita. Era velha e cheia de ratos. O banheiro era horrível e fedorento.
  Eu passava a maior parte do tempo na sala, ouvindo músicas.
 Apesar de odiar a nova casa, minha mãe podia passar mais tempo ao nosso lado. E isso era uma coisa boa.
  Naquela época, eu estava completamente fascinada pela trilogia "O Senhor Dos Anéis", e pelos elfos.
   Com meu segundo livro de Wicca nas mãos e uma vontade louca de fugir de tudo e de todos, eu acendi uma vela e invoquei os elfos. Pedi a eles que se eles fossem mesmo reais, viessem em meus sonhos.
   Um mês depois, eu sonhei com uma elfa. Ela era semelhante a Arwen de O Senhor Dos Anéis. O sonho foi tão nítido que quando acordei ao amanhecer, não tive dúvidas de que realmente havia visto um elfo, em uma viagem astral. Dias depois, sonhei que estava na cozinha. Em frente a geladeira. Haviam dois bilhetes na geladeira. Um deles dizia que elfos podiam levar humanos para o seu reino e que eles levariam um dos meus irmãos com eles, caso eu não quisesse ir embora com eles.  O outro bilhete era um tipo de enigma, que dizia o seguinte:



"Vista-se sempre de branco,
Ande sempre com ferro e metal
Tenha sempre um covil."

  Me virei para trás e vi uma bela elfa. De cabelos longos e loiros. Vestida com um vestido branco semelhante a um vestido da Era Medieval. Atrás da elfa havia um bosque muito florido.
  Quando acordei, fiquei muito assustada com esse sonho. Então, acendi outra vela e implorei aos elfos que não levassem nem meu irmão nem eu. Expliquei a eles, que eu não podia ir com eles. Não naquele momento. E quem sabe no futuro, eu reconsiderasse a proposta deles.
  Algum tempo se passou e os elfos não me visitaram mais.
Curiosa, eu os procurei novamente. Perguntei a eles se eles estavam bem. E eles me responderam em um novo sonho:
Adeus Arwen!

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Template by:

Free Blog Templates