sábado, 3 de novembro de 2012

O canto da sereia - poema


Canto para encantar
todos aqueles que se
deixam naufragar.
Dos marinheiros já cansei de afogar.
O próximo que deixará se levar
pelo balanço da minha calda
está por chegar.
Estou aqui nas profundezas a chorar.
São as minhas lágrimas
que preenchem esse mar,
mas graças aos deuses,
você veio me salvar.
Afunde-se, atire-se ao mar
para assim se realizar.
Encantou-se de emoção
Encantou-se de motivação
Encantou-se de coração
Entrega-me sua mão
porque nas dunas à beira-mar
minhas melodias são desilusão.



Autor: Reginaldo Silvaposo

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Template by:

Free Blog Templates