sábado, 3 de novembro de 2012

Ninfas de meu jardim



Ninfas de meu jardim,
rosa, camélia e jasmim...
Cantam e dançam pra mim e
é sempre assim.

Sussurros sedutores
eu ouço e incapaz de resistir,
me rendo ao encanto,
ao seu doce canto.

Ninfas de meu jardim,
grandes arbustos verdejantes,
flores de fragrâncias delirantes,
árvores de troncos robustos.
Quem as vê, sequer supõe
ou imagina que lindas ninfas
nelas se escondem.
Delicadas donzelas
adornadas de pétalas,
vestidas de folhas,
inocentes noivas,
à espera de um príncipe que as beije
e assim, quebre o encanto,
transformando-as em moças humanas.

Ninfas de meu jardim,
as amo tanto e meu pranto é sincero.
Não as quero deixar,
mas preciso voltar.
Aqui não é meu lugar.
Pertenço a uma terra de guerra,
onde não há flores, só dores
tristeza, pobreza.
Mas todos fingem que
lá é mundo perfeito.
Ignoram o que os olhos veem.

Oh, ninfas de meu jardim!
Olhem por mim,
pra que eu nunca me esqueça
que a magia existe
e está apenas a alguns passos de mim...
em meu jardim.

Autora: Giovanna Lynn

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Template by:

Free Blog Templates