sábado, 3 de novembro de 2012

Amor a uma ninfa



Após o travar de uma batalha em noite escura
estava numa floresta, tão obscura
sentindo o sangrar de meus ferimentos
fui acolhido por uma linda mulher,
livrou-me os tormentos.

Na manhã clara com raios de sol
ouvindo um riacho murmurante
sou fitado por profundos olhos azuis
sinto as carícias de cacheados cabelos negros
a deusa de todas as ninfas
agora é senhora de meu coração
Dione, em primeira vista nosso amor nasceu
assim como flores em primavera perfumada
Afrodite, senhora do amor e apaixonados
atenda a súplica de um mortal desesperado.
Quero ir pra Arcádia, vida simples viver
o amor que tenho por Dione, possa florescer

Numa velha cabana de madeira
um mortal e uma deusa
vivendo o amor impossível,
agora existente.
Esqueceremos deste mundo,
nosso amor é independente.



Autor: Roberto Carrion

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Template by:

Free Blog Templates